Dica - A Culpa é das Estrelas (livro e filme)

Sinopse do livro: Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.



Sinopse do filme: Diagnosticada com câncer, a adolescente Hazel Grace Lancaster (Shailene Woodley) se mantém viva graças a uma droga experimental. Após passar anos lutando com a doença, ela é forçada pelos pais a participar de um grupo de apoio cristão. Lá, conhece Augustus Waters (Ansel Elgort), um rapaz que também sofre com câncer. Os dois possuem visões muito diferentes de suas doenças: Hazel preocupa-se apenas com a dor que poderá causar aos outros, já Augustus sonha em deixar a sua própria marca no mundo. Apesar das diferenças, eles se apaixonam. Juntos, atravessam os principais conflitos da adolescência e do primeiro amor, enquanto lutam para se manter otimistas e fortes um para o outro.



A fase adolescente não é fácil. Há quem diga que é de muitas transformações, firmação, conhecimento, autoconhecimento, frustrações e "aborrecência". Mas, eu, vejo também como uma fase de emoções. Descobrimos o amor (ou o que achamos ser) pelo outro, pela vida, por uma profissão, por escolhas, por amigos, o sexo e suas conseqüências e como a vida pode ser prazerosa ou sofrível. Com certeza é uma fase de buscas e incertezas, que nos prepara para encontrar o nosso equilíbrio na fase adulta. E estamos numa época onde muitos dizem que temos valores distorcidos e que os jovens precisam aprender mais sobre o mundo.
Bom, na minha opinião, uma forma muito bonita de aprender mais do mundo é dando a esse adolescente a oportunidade de ler/ver uma história tão bonita e cativante como essa. "A Culpa é das Estrelas" parece uma história boba de amor, que só é triste porque tem dois jovens doentes. Não, não é isso. É uma história simples, mas com grandes ensinamentos. Ensinamentos estes que podem muito bem suprir essa falta de valores que já não tem no mundo.
Um livro/filme que fala de companheirismo, sonhos, amizade, lealdade, dignidade, saúde e doença, família, amor e oportunidade não pode ser taxado só com uma história triste. É uma história linda, que nos ensina, nos acompanha no coração, nos mostra verdades de uma maneira chocante, mas divertida também (tem muitas horas em que rimos com vontade) e de forma simples e direta.
Hanzel e Gus só queriam viver plenamente um amor, mas acabaram conquistando multidões. Que essas tantas mensagens que o livro/filme passa possa também trazer coisas boas para esses tantos jovens que "se derreteram" por esse amor verdadeiro.
A minha dica de hoje é ler e ver o filme. Emociona. Conquista. Faz refletir sobre o mundo e os valores desse mundo e de suas pessoas.
"A Culpa é das Estrelas" é uma história rara, por isso mesmo valiosa.







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha - O segundo sexo

Feminismo, por Ayn Rand

Viagens literárias: Mergulho no mar