Série Crossfire - Toda Sua - Livro 1

Sinopse: 
Ele era inteligente, bem-sucedido, rico e muito lindo. Fiquei obcecada por ele como nunca tinha ficado por ninguém, por nada. Ansiava por seu toque como uma droga, mesmo sabendo que aquilo acabaria me destruindo. Eu tinha meus problemas, e ele fez com que viessem à tona muito facilmente.
Gideon sabia. Ele também tinha seus problemas. E nós acabaríamos sendo o espelho que refletia os traumas - e os desejos - mais secretos do outro.
Seu amor me transformou, e eu rezava para que nosso passado não nos separasse...


Toda Sua, título dado ao primeiro livro da Série Crossfire, da autora Sylvia Day, é algo novo e muito bem escrito dentro da literatura hot (para alguns literatura erótica). Para fãs de Cinquenta Tons de Cinza, com certeza passou a ser leitura obrigatória e conquistou muitos fãs. 
De início seria uma Trilogia, mas fez tanto sucesso, que acabou virando uma série, que só teve lançamento dos quatro primeiro, sendo o quinto e último, previsto para este ano.
Vou ser sincera: eu estava com uma ressaca literária muito grande por conta da Trilogia Cinquenta Tons (sim, apesar da história está longe de ser a melhor do mundo, eu adoro) e entrei na livraria a procura de um livro me conquistasse. Encontrei os dois primeiros a Série Crossfire "Toda Sua" e "Profundamente Sua" (este título falarei na próxima semana) e não pensei duas vezes antes de comprar. No mesmo dia Eva e Gideon passou a fazer parte da minha vida através do primeiro título da Série.
De início, quem leu a trilogia da autora EL James pode achar que Sylvia Day deu uma copiada, mas é só uma impressão mesmo. Day nos dá um casal muito mais complicado e intenso e uma escrita muito mais bem desenvolvida. O livro não é repetitivo, apesar de bem picante, e seus personagens são bombas prestes a explodir, o que faz o leitor ficar atento a história o tempo todo. É uma leitura rápida e envolvente.
Gideon é um cara que enfrenta muito mal os problemas do passado. Muito rico e super bem sucedido, é um típico mandão, que gosta das coisas ao seu jeito. Mas por baixo dessa tampa, há ainda um menino assustado com tudo que teve que enfrentar. E não foi muito. Por sua vez, Eva não é uma mocinha idiota e pura. Pelo ao contrário. Ela é forte, decidida, dona de si mesma, lutando por essa independência o tempo todo com sua mãe, que quer seguir em frente depois de marcar profundas que o passado deixou nela.
Já deu para ver que histórias cruzadas, torcidas e muita emoção não faltam nesse livro, né? E não faltam mesmo. Muito dinâmico e com um casal que é pura adrenalina, vale a pena dar um chance a esse romance completamente picante, mas cheio de aventuras. 





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha - O segundo sexo

Feminismo, por Ayn Rand

Viagens literárias: Mergulho no mar