"A Lista De Brett" Lori Nelson Spielman


Título: A Lista de Brett
Título Original: The Life List
Páginas: 364
Autor(a): Lori Nelson Spielman
Editora: Verus Editora
Gênero: Chick-Lit
Ano de Publicação: 2014

Fui desafiada pela minha amiga Nívea Lopes a ler esse livro encantador. Ela disse que achava a minha cara e era mesmo. A primeira página já me emocionou, porque a personagem Brett Bohlinge está no dia do velório da sua mãe, e que canceriana não tem uma ligação profunda com sua mãe? durante todo livro ela é descrita como uma mulher forte, bem sucedida e adorável. Como a minha! Brett é uma moça de 34 anos com uma vida estável, um namoro estável e um emprego estável na empresa de sua mãe, mas com o seu falecimento sua vida se transforma de uma maneira surpreendente, porque além do luto, ela fica sabendo através do advogado que se torna seu amigo que  sua mãe não lhe deixou nada de herança e ainda a despediu do emprego. Para que ela possa receber sua parte na polpuda herança ela tem que cumprir uma lista de desejos que fez quando ainda era uma adolescente, num prazo de um ano! 

Chateada pela decisão de sua mãe e sem entender, não lhe resta outra alternativa a não ser tentar, pelo menos cumprir o que sua mãe, sabe -se lá por que, determinou. Algumas coisas parecem impossíveis de se realizar na atual vida que ela leva, outras porque as coisas não são tão simples como pareciam antigamente, mas é incrível como a vida tem alternativas e surpresas. E é aí que a vida da Brett começa a tomar o rumo que nem ela mesma sabia que havia perdido e que só a sensibilidade de uma mãe poderia perceber. Para cada meta alcançada ou que ela achava que havia alcançado, sua mãe deixou com o advogado uma carta e cada uma mais tocante que a outra.


O livro nos leva pra reflexões a cerca de nossa própria vida e de como a encaramos e de como podemos transforma-la para sermos quem a gente sabe que é, mas que está escondida atrás de rotinas, status e ambições que na maioria das vezes nem são nossas de verdade, são impostas pela mídia, ou modismos.

Vale a pena ler! É um desses livros que te deixam com uma sensação gostosa e o coração massageado.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha - O segundo sexo

Feminismo, por Ayn Rand

A Noviça Rebelde