Vai fazer falta, meu amigo!




E você vai fazer muita falta, meu amigo! Quem vai me tirar dos devaneios desnecessários da vida? E dividir as angústias e alegrias de viver? Quem vai me incentivar a fazer tudo aquilo que me faz feliz? Quem vai me fazer rir com suas histórias muito pouco engraçadas? E me matar de vontade de me jogar nas lutas que podem me trazer grandes vitórias? E me dá um abraço apertado que sempre quer dizer "tudo está bem". E quem vai "escutar" minhas lágrimas nos momentos de tristeza, sempre me aconselhando? 
Você foi a primeira pessoa que conheci como amigo e de lá para cá viramos grandes irmãos. Uma amizade que vou levar no meu coração para o resto da minha vida. Entendo e concordo com a sua decisão. Viver nossa história e percorrer nossa caminhada nunca é uma tarefa fácil ou simples. Mas perco muito com essa distância forçada do seu amor e do seu carinho, da sua alegria e da riqueza que compartilhar momentos contigo. 
Quero que saiba que vai ser só a presença, pois os sentimentos sempre estarão unidos e fortes. E desejo de coração que traga ainda mais sucesso e felicidade, porque você merece muito. Mas, mesmo tendo o maior orgulho de você mais uma vez, mesmo sabendo que escolhas precisam ser feitas, mesmo sabendo que eu sobrevivo (a duras penas, mas sobrevivo), mesmo sabendo que tenho que te deixar ir, o meu coração me diz que você vai me fazer muita falta, meu amigo!





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha - O segundo sexo

Feminismo, por Ayn Rand

A Noviça Rebelde