Futebol: um verdadeiro amor.





Ver a torcida com tamanha vibração, comemorando, feliz e cheia de esperança é algo que arrepia. Mais que isso: me emociona!
Há quem não entenda essa relação Futebol-torcedor, acha isso doença, frescura ou palhaçada
Há quem veja como uma religião e quem ache que não existe palavra em língua nenhuma no mundo para descrever essa sensação...esse sentimento, porque para quem realmente gosta, consegue sentir o que é o futebol. 
Há quem se conscientize que é um dom, quem não tenha noção do tamanho dessa importância, quem simplesmente ama, vibra, torça, se descabela...
Há quem só pede a Deus, quem solta todos os palavrões, quem pula, quem fica imóvel, quem grita, quem só pensa no resultado.
Há ricos, pobres, brancos, amarelos, negros, todas as religiões e pessoas de qualquer parte do mundo. Há uma verdadeira nação! E todos conhecem muito bem o valor da palavra Futebol!
E toda vez que eu preciso falar dessa importância na minha vida, eu me emociono. Eu me sinto privilegiada. 
E não tenho vergonha de derramar lágrimas pela minha paixão... não mesmo! Eu sempre acreditei que aquilo que a gente sente com o amor mais puro e sincero que existe em nós,
não pode ser de maneira nenhuma uma vergonha e sim um orgulho imenso.
É por isso que essa mulher que vos escreve agora, com seus 1 metro e 52 centímetros, se torna ainda menor quando tem a alegria de ver uma grande partida de futebol, pois o tamanho da felicidade e do amor que eu sinto é tão grande, que  fica faltando de mim para cobrir toda essa emoção.
Um viva para o esporte mais popular do nosso país, capaz de curar feridas, trazer lágrimas de alegrias, sorrisos de ironia e um coração repleto de amor. 





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha - O segundo sexo

Feminismo, por Ayn Rand

Viagens literárias: Mergulho no mar