Sentimentos Literários - Um Ano Bom



Um Ano Bom, é um romance juvenil delicioso! Foi impossível não me jogar nessa história e não me apaixonar pelo casal Chris e Clara. Precisei devorar o livro de uma tacada só e terminei a leitura com um sabor maravilhoso no coração.
Clara muda a vida de Chris quando o playboy a conhece no primeiro dia de aula do ensino médio. Ele, o bonitão super popular da escola. Ela, a novata ruiva doidinha e revoltada com roupas estranhas que chega na escola e prefere se isolar.
Clara é dona de uma personalidade forte! A menina tem aqueles surtos adolescentes e vive em uma montanha russa de emoções, porque há momentos em que ela é extremamente doce, e outros, seu mau humor impera. O que Chris não imagina, é que mexeu muito com a novata e isso a deixa totalmente desconsertada! Ela luta contra um sentimento com medo de se magoar, mas quando percebe já é tarde, porque os dois já estão apaixonados e Chris está mergulhando de cabeça nessa paixão.

"É... somos absorvidos pelo cotidiano, pelos pensamentos sobre outras coisas... E as lembranças ficam misturadas e diluídas." (p.154)

A ruivinha possui uma história conturbada, abandonada pela mãe, Clara vive com um pai amargo e frio, mas que mesmo assim a ama! O temperamento da menina a colocou em várias enrascadas, já que nunca deixou barato nenhuma provocação, ela vivia se envolvendo em brigas até que uma delas a fez ser expulsa da última escola.
No colégio novo, Clara tenta de todas as formas, não se envolver em confusão para não decepcionar seu pai, mas assim, ela acaba se anulando nas garras da cruel Jéssica.
Aos poucos a paixão de Chris e Clara vai tomando uma forma linda e se transforma em um amor que vai nos envolvendo em cada página e nos impedindo de voltar para o mundo real.
Assim, foi impossível não devorar esse livro vorazmente! Essa história desperta o melhor que existe em nós! Apesar de tratar de assuntos sérios e importantes, como abandono, corações partidos e bullying, um grande otimismo toma conta dos nossos corações com essa leitura e nos apaixonamos pelos personagens que compõem essa história!
Uma marca muito importante do livro, é que ele nos apresenta a adolescência com todos os seus sonhos e indecisões, mas vai além disso, ele nos apresenta adolescentes inteligentes, nos lembrando que nessa fase, não somos apenas o que as pessoas veem, somos muito mais!
É possível terminar de ler o livro, muito mais conectado com o que fomos e assim, respeitando muito mais todos os jovens a nossa volta!

Indispensável, delicioso e inesquecível! Trata-se de uma história que nunca mais sairá de dentro do coração!

"O futuro começa agora. O futuro são os nossos sonhos, nossos planos, nossas conquistas. O futuro é aquilo que seremos, resultado de tudo o que fomos no passado e daquilo que somos hoje...
A liberdade? É quando temos escolhas. E a vida é feita de escolhas. O que temos que buscar é sabedoria, para que façamos as escolhas certas." (p.228)



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha - O segundo sexo

Feminismo, por Ayn Rand

Viagens literárias: Mergulho no mar